Visualizações

22 de dez de 2012

Chapter 24


Stay Strong


                                                                   "this is the best feeling"




-Joe?_ ela chamou, descendo a escada da casa, cautelosamente.

Ela havia decidido descer e procurar por ele depois de horas acordada, pensando sobre a noite magnífica que tivera. Pensou também em como descrevê-la, até chegar a conclusão que era simplesmente impossível.

"Waking up I see that everything is OK
The first time in my life and now it's so great
Slowing down, I look around and I'm so amazed
I think about the little things that make life great
I wouldn't change a thing about it
This is the best feeling"

-Bu_ ele riu, abraçando a  menina por trás.

Devido ao susto, ela caiu no chão, levando-o junto. Ambos gargalharam e ela não conseguia parar de rir enquanto se contorcia_ Bom dia, meu amor_ disse encarando-a com um sorriso bobo, rindo e acariciando inocentemente a coxa descoberta dela, já que usava  apenas um blusão.
A menina retribuiu o bom dia, sorridente assim como ele e desviou o olhar. Era realmente muito estranho encará-lo depois de tudo. Mas tinha uma coisa que ela queria fazer ainda... apenas estava tomando coragem.
-Tudo bem com você?_ ele quis saber, com uma careta.

"I found a place so safe, not a single tear
The first time in my life and now it's so clear
Feel calm, I belong, I'm so happy here
It's so strong and now I let myself be sincere
I wouldn't change a thing about it
And this is the best feeling"

-É impossível não estar_ambos riram, risadas tímidas_ Então, parabéns_ ela deu de ombros, descontraída, sentando-se.
-Não é meu aniversário_O.o fez a menina gargalhar_ Porque está me dando parabéns?
-Por ter ganho o jogo_ disse brincalhona, fazendo parecer a coisa mais óbvia do mundo.
-Que tal dizer que nós empatamos?_ sugeriu, sorrindo com o que ela acabara de dizer_ Você gostou de jogar comigo?_ sussurrou em seu ouvido, de forma maliciosa, brincando.
-Eu amei_ afirmou.
-Que bom, quanto mais você jogar, mais prática vai adquirir e será cada vez melhor_ disse entusiasmado, ela gargalhou_ Ah, mas não se esquece que você só pode jogar comigo.
-Não me lembro dessa regra...._ fingiu-se desentendida, levantando-se e caminhando até a bancada, puxando-o pela mão.
-Pois saiba que ela existe_ riu.

Joe selou seus lábios depois de encará-la por um tempo. Lembrou de tudo que aconteceu na noite passada, lembrava disso a cada segundo. Queria que Demi soubesse como ela  foi perfeita.
Eles se sentaram juntos na bancada, cada um com uma xícara de chocolate quente na mão. Tudo parecia novo entre eles, e por mais que negassem, queriam falar da noite, compartilhar aquilo novamente.

"This innocence is brilliant
I hope that it will stay
This moment is perfect
Please don't go away
'cause I need you now
And I'll hold on to it
Don't you let it pass you by"

-Obrigada_ ela conseguiu colocar para fora o que queria dizer desde o começo. Levantou a cabeça, encarando o menino com um sorriso meigo.
-Não tem porquê me agradecer, princesa_ ele se sentou em cima da bancada, de frente para a menina que estava no banquinho.
-É claro que tenho, você sabe disso. Obrigada por tudo, pelo jogo_ ela disse rindo sem humor, recordando-se.
-Foi um prazer dividir a minha ideia com você_ acariciou a bochecha dela_ Literalmente_ riu_ Sabe... você não era a única nervosa ontem_ ele deu de ombros, com a cabeça baixa, concentrado na xícara que estava apoiada entre suas pernas_ Eu acho que chegou uma hora em que eu fiquei mais nervoso que você.
-Desculpa, mas isso é impossível, eu garanto_ ela riu e ele acompanhou_ Porque estava nervoso?_ perguntou, definitivamente curiosa. Joe? Nervoso quando se tratava logo desse assunto?
-Eu queria que saísse tudo perfeito_ deu de ombros_ Eu vou confessar_ brincou_ Eu nunca tinha tirado a virgindade de uma garota_ disse simplesmente.
-Não?_ ela estava realmente surpresa. Pensava que ele já havia feito isso de todas as maneiras conhecidas pelo homem, ou até as que ele tinha inventado.
-Não, acredite_ balançou a cabeça, rindo sem humor_ Você foi a primeira e isso me deixou bem preocupado_ levantou os olhos, encarando-a.
-Deveria ser um mérito seu_ brincou.
-De forma alguma_ negou_ Eu fico feliz por ter sido o primeiro, mas não foi nada fácil sabendo que era... você.
-Você não precisava ter ficado preocupado logo com isso_ garantiu_ Você é perfeito, tudo que faz é perfeito também_ riu_ E eu sabia que essa noite seria apenas mais uma dessas coisas.
-Você é um doce_ ele sorriu, roçando seu polegar na bochecha dela.
-Eu só não esperava isso de você_ admitiu_ Por causa da forma com agiu ontem comigo, parecia que estava acostumado.
-Não estava. Você não foi a única a experimentar algo novo ontem_ piscou.
-Me sinto um pouco melhor ao saber disso_ riu.
-Você tem que se sentir perfeita. Nem bem, nem boa, nem melhor... porque foi isso que você  foi ontem_ se aproximou, com seus olhos fixos nos dela_ Perfeita.
-Você me fez sentir... a melhor pessoa do mundo_ deu de ombros_ Eu nunca senti tanta coisa ao mesmo tempo_ riu_ Você fez com que eu me sentisse amada_ colocou a mão sobre a dele, encarando-as.
-É assim que deve se sentir, sempre_ afirmou docemente.
-Estou com uma fome_ ambos riram com a mudança de assunto_ O que o senhor preparou para o meu café da manhã?_ brincou.
-Hum.... isso aqui_ ele segurou a mão dela, levando-a até a mesa principal que estava coberta com uma toalha de mesa.
-Wooow você preparou mesmo!_ disse surpresa.
-Claro que sim_ sorriu_ Precisava de um café da manhã digno de uma princesa_ sentaram-se na mesa.
-Assim você me acostuma mal!_sorriu_Por quanto tempo vai ficar com a casa para você?_ perguntou curiosa, pegando um pedaço de pão.
-Porque tanto interesse?_ gargalhou enquanto ela revirava os olhos_Meus pais voltam hoje_ sorriu.
-Hoje? Você só tinha uma noite, então?!_ riu_ Quer dizer que se eu... esquece.
-Se você não aceitasse eu arranjava outra viagem para eles_ garantiu_ Eu dava um jeito.
-Como assim "arranjava" uma outra viagem?
-É que... bom,  meus pais receberam uma ligação do escritório e eu meio que confirmei essa viagem por eles.
-Sério? Você é louco!_ riu_ Tudo isso porque...
-Porque eu queria passar um tempo com você_ interrompeu-a, forçando um sorriso.
-Eu te amo_ ela se aproximou, selando seus lábios_ E gostei muito de passar um tempo com você_ riu.
O menino abriu um sorriso meigo e segurou o pescoço dela, beijando-a com mais intensidade.
-Temos um churrasco hoje_ ele disse_ Aniversário do Mikey.
-Não fui convidada_ deu de ombros.
-É claro que foi. Primeiro, eu sou  o melhor amigo dele e se quiser levar o padeiro da esquina eu posso. Segundo, sim, você foi convidada_ avisou_ Ele mandou que eu te avisasse.
-E porque não me avisou?_ perguntou sorrindo_ Onde é?
-Em um sítio... aqui perto.
-Hum... sítio, legal..._ sussurrou desanimada.
-O que houve?_ perguntou puxando-a para o seu colo_ Não quer ir?
-Não, imagina_ negou, forçando um sorriso_ É seu melhor amigo, você tem que ir.
-Então me diz o que aconteceu_ pediu.
-Bom...._ ela riu sem humor, tímida_ É que... eu achei que passaríamos o dia juntos_ deu de ombros, cabisbaixa_ Mas tudo bem, sério_ forçou um sorriso.
-Não_ ele interrompeu-a_ Nós vamos passar o dia juntos_ afirmou.
-Não desse jeito..._ sussurrou.
-Exatamente do jeito como você quer_ sorriu_ Meus pais vão chegar e nós não vamos ter tanta paz porque vêm uns amigos deles também_ deu de ombros_ Então eu já avisei ao Mikey que só vou lá porque quero um tempo sozinho com você_ explicou.
-Ah, e ele não se importou?
-Claro que não_ Joe riu_ Ele concordou na hora. O sítio é grande. Além disso, eu comemoro com ele depois.
-Sério mesmo?_ fez uma careta.
-Aham_ concordou, beijando o pescoço dela e abraçando-a com mais força enquanto sentia seus braços rodeando-a.
***

-Vamos nos perder aqui_ ela avisou, rindo_ Tem certeza que sabe para onde está indo?
-Absoluta!_ garantiu, entrelaçando seus dedos_ Eu costumava passar todos os finais de semana aqui.
-Porque nunca me trouxe, hein?_ brincou.
-Você não gostava desses lugares_ deu de ombros_ Ou a gente corria, se divertia, aprontava alguma, ou levávamos uma das garotas que vinham também para um quarto e.... desculpa_ bufou, dando um tapa na própria cabeça.
-Relaxa, eu sei dessas histórias_ sorriu_Todas.
-Pois é, eu... às vezes começo a falar acabo terminando no que não devo. É que eu estou tão acostumado a te contar o que eu apronto_ fez uma careta_ É melhor parar com isso.
-Bom, agora você pode me trazer_ sugeriu, provocante.
-Eu teria trago você antes se gostasse_ garantiu_ Seria muito mais divertido se você estivesse com a gente.
-Lembra que naquela época eu não era sua namorada ainda?_ perguntou, rindo.
-Óbvio que lembro, e repito o que eu disse_ sorriu_ E daí? Isso nunca fez diferença pra mim, eu sempre te amei muito mais do que a qualquer uma_ parou na frente dela.
-Posso te perguntar uma coisa?_ questionou duvidosa.
-Claro, meu amor_ afirmou, sorrindo. Acariciou a bochecha dela enquanto aguardava pacientemente.
-Você... ah, não, esquece_ fez uma careta, rindo sem humor_ Eu não quero que fique um clima estranho ou... que estrague o nosso passeio_  disse_ É pura besteira. Coisas idiotas que passam pela minha cabeça.
-Fala, Dems_ insistiu_ É tão sério a ponto de estragar nosso passeio?_O.o_ Eu não fiz nada, juro!_ ela gargalhou.
-Realmente, você não fez_ sorriu_ Sou eu_ sussurrou.
-O que tem você? O que quer me perguntar?_ acariciou a mão dela com o polegar.
-Eu posso esperar até mais tarde_ disse_ Por favor, eu prefiro assim.
-Tudo bem_ assentiu_ Então me da um beijinho aqui_ apontou para a bochecha_ Outro aqui_ a menina beijou, dessa vez, a testa_ Aqui_ um beijinho no queixo_ E agora feche com chave de ouro_sorriu.
-Se quiser meu beijo vai ter que correr atrás_ piscou e em frações de segundos ela estava a uns 10 passos dele, correndo para longe aos risos.
-Engraçadinha_ revirou os olhos_ Isso é castigo, não prefere dizer logo o que eu fiz?_ riu, correndo atrás dela.
-Você não fez nada_ afirmou novamente, observando-o se aproximar por cima dos ombros.
-Sabe que não consegue correr de mim por muito tempo_levantou-a no ar_ Já fui campeão em corrida muitas vezes_ riram.
-Esqueci desse detalhe.
-Agora, meu beijo_ exigiu.
-Porque não pediu antes?_ brincou, selando seus lábios calmamente.

Joe segurou firmemente em sua cintura e trouxe a menina para mais perto, pedindo passagem com a língua para iniciar um beijo intenso e caloroso. Depois da noite passada nada mais era "intenso demais" para ela e o menino se aproveitava disso. Ah, ela amava.
Deslizou as mãos pelas costas dela, acariciando e ao mesmo tempo pressionando-a contra seu corpo.  Agora ela não tinha mais desculpas para distância alguma e nem queria. Gostava de senti-lo cada vez mais, para que da próxima vez, pudesse jogar o jogo como devia, de acordo com as regras.
Ele descansou uma de suas mãos sobre o rosto dela, apoiando o polegar em sua testa conforme acariciava. Sorriam entre o beijo mas não se preocuparam em respirar.

-Sabe o que eu estava lembrando ontem?_ ele perguntou, com um sorriso travesso e ela logo percebeu que ele iria falar alguma coisa que a deixasse vermelha.
-Ai, o que?_ respirou fundo, sorrindo.
-Quando você ficou irritada comigo porque eu disse que você não era mais virgem_ riu.
-Idiota_ bateu nele_ Não fiquei irritada por você insinuar isso_ afirmou, de cara fechada.
-Ah é?! Então foi porque eu disse que uma hora ou outra ia acontecer_ disse pensativo, brincando com ela enquanto a menina ria, corada.
-Para com isso!_ pediu, escondendo o rosto com as mãos.
-Ou foi porque eu disse...
-Tá, chega!
-Você fica fofa assim_ ele apertou a bochecha dela, rindo.
-Imbecil_ murmurou_ Você é uma criança. Fica jogando coisas na cara das pessoas para que elas fiquem com vergonha!  Malvado_ U.u.
-Só faço isso com você, linda_ riu.
-Piorou!
-Tudo bem, vou parar_ ele riu_ É que eu gosto de ver o seu jeitinho quando fica parecendo um tomatinho_ brincou_ Agora é sério, é que... eu lembrei dessa conversa ontem_ deu de ombros.
-Porque logo dessa?_ lamentou.
-É que... você parecia mal com o assunto mas... sei lá, a maioria das garotas resiste um pouco antes de tomar a decisão de que quer mesmo.
-Como sabe? Você disse...
-Eu disse que nunca tinha tirado a virgindade de uma garota e é verdade. Ou tecnicamente era, até ontem_ disse pensativo, ela deu outro tapa e ele riu_ Mas eu nunca disse que não tinha tentado com uma virgem.
-Aaah, explicado_ gargalhou.
-Você só... me surpreendeu_ sorriu meigamente.
-Gosto de surpreender as pessoas_ sorriu_ É que... eu sou bem do tipo que você descreveu_ admitiu e ele assentiu. Sabia bem disso_ Só que... ah, eu... confio em você de olhos fechados, como eu te disse. Eu fiquei... aliviada por ter sido com você, porque era alguém com quem eu me sentia bem, e... você sabe o resto, não preciso falar o quanto eu te amo_ deu de ombros, tímida.
-É engraçado como você não deixa essa vergonha de lado comigo_ comentou.
-Sou assim, Joseph_ ele riu_ E eu sou bem "menos tímida" com você, não venha discordar_ avisou.
-Eu não disse nada_ levantou as mãos em sinal de inocência_ Vem, vamos antes que alguém apareça e comece a nos perturbar. Ainda não estamos em um lugar seguro contra pessoas.
***

-Isso é tão calmo que chega a dar medo_ ela disse, abraçando o menino_ hummm que delícia, você está com o cheiro do meu perfume_sorriu contente.
-Então deve estar uma delícia mesmo_ riu_ A propósito, você tem um cheirinho tão bom_ ele abraçou-a, escondendo seu rosto no pescoço da menina_ Posso sentir pelo resto da minha vida.
-Torça então para esse perfume nunca sair das lojas_ brincou, sentindo a respiração quente  dele em sua nuca.
-Não é o perfume_ garantiu_ É uma coisa sua_ riu, fazendo-a sentir aquela risada linda próxima de seu ouvido.
-Que bom que gosta_ sorriu_ Pode sentir o quanto quiser_ sussurrou.
Joe beijou o ombro da menina, abaixando levemente a alça do vestido para que ela pudesse sentir seus lábios em sua pele. A menina abaixou a cabeça, suspirando enquanto ele subia o delicado carinho.
Sentindo os beijos em sua orelha e nuca, ela deixou que sua cabeça caísse para trás, deitada no peito de Joe, aproveitando aquilo. Abriu um leve sorriso e virou-se, encarando-o profundamente. Em meio a "eu te amo's" eles se beijaram apaixonadamente, sem mais delongas. Os corpos completamente unidos mostravam que não existia mais distância alguma que pudesse separá-los.
_______________________________________________________________________

-Então, o que você queria me falar?_ ele perguntou, com um dos braços ao redor do pescoço da menina.

Continua...
Hey! Bom, primeiro, eu fiquei muito triste mesmo com os comentários :( Eu achei que fossem gostar do hot assim como eu, mas ... acho que criei muitas expectativas :( Enfim... obrigada pelos comentários, do fundo do coração! <3 Amo muito vocês! Eu sei que não postei nada aqui sobre a mini-fic, mas só avisando, vou começar a postá-la provavelmente amanhã e sim, só depois retornarei com "stay strong" :) Mas para isso, comentem muito, por favor! ;-)
P.S.: Para quem quer saber, já tem lá em cima "mini-fics". Informações sobre a primeira já estão lá!

Mil beijocas,
Bruna *-*




16 comentários:

  1. Socorro que capitulo fofo meu Deuuuuuuuuus! Posta logo linda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn obrigada!! :D Vou demorar um pouco para postar, por causa da mini-fic :/ Mas bom, pelo menos terá uma mini-fic para vocês lerem! haha :)

      Excluir
    2. Que capítulo maravilhoso! Tão lindo e perfeito ver o Joe e a Demi apaixonadinhos e é são tão românticos esses momentos deles <333
      To curiosa pra saber o que a Demi quer falar pro Joe! Só não gostei da parte em que você só vai postar o próximo capítulo quando terminar a mini-fic porque eu vou ficar MUITO MUITO MUITO curiosa e ansiosa u_u SHAUSHUAHSUAHSU
      Não comentei nos últimos capítulos porque tava sem internet e não consegui comentar pelo celular, mas mesmo assim não deixei de acompanhar a fic! Preciso dizer que o hot foi muito perfeito, mais perfeito do que eu esperava.
      Preciso de mais pfvrrrrrrrrrrr, posta a mini-fic logo pra poder postar os outros capítulos SHAUSHAUHSHAU :D

      Excluir
    3. Awwwwn hahahaha Obrigada!!! Eu vou pensar nisso... de postar os outros capítulos enquanto posto a mini-fic... mas vamos ver haha Obrigada, de verdade, linda! :DDDD Que bom que gostou do hot! Não era você que tinha uma "aversão" a hot's?!? Ou eu me confundi? hahahaha enfim, muito obrigada! <3

      Excluir
  2. linda que capítulo mais perfeito,tudoooo mesmo.
    amo esse joe,a demi e um doce.
    to doida para saber o que a demi vai dizer,
    posta logo beijosssss.
    <3<3<3<3<3<3<3<3<3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ownt *-* Obrigada!!! :DDDD Ainda estou pensando se vou postar só depois da mini-fic ou durante, mas vamos ver haha :DDD

      Mil beijos! <333

      Excluir
  3. Ai... ~suspirando~
    como dizer que essa fic foca fofa a cada dia? como vc consegue deixá-la cada vez mais perfeita? É impossível não se apaixonar pelo joe, não sentir as inseguranças da demi e como não torcer loucamente por jemi? Você tem o poder de nos prender na fic e nos envolver na história que passamos a ser dependentes de cada atualização, como se vivêssemos a vida dos personagens... pelo menos pra mim é assim... Eu, sinceramente, nem sei mais que palavras usar pra descrever o quão perfeito é cada capítulo da sua fic e como sou sua fã! devo começar a me repetir nos próximos comentários, mas isso é culpa do nosso idioma, que não é capaz de descrever o que sinto por sua fic! u.u Depois dessa quase bíblia, só teno a dizer que quero logo o próximo capítulo... hehehehe... Ah, caso você não poste antes do natal ou eu não possa comentar e tals... desejo a você e a sua família e amigos um ótimo Natal, meu bem! Iluminado e abençoado por Deus, sempre! ;) Aproveita a ceia e os presentes hehehe...
    Bjs, meu bem!! :***

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. AAAWN sua fofa! Sério, eu não tenho nem palavras para o seu comentário! Aliás, para nenhum deles! \O São perfeitos demais e eu nem encontro palavras para agradecer :( Bom, eu nem sei se você vai conseguir ler por agora, mas já postei! hehe E muito obrigada, linda, do fundo do coração! <3

      Excluir
  4. Brunaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa <3
    Meu Deus a cada dia eu me apaixono mais por essa fic <3 É muita fofura para uma fic só. Você faz a gente se sentir tão bem lendo essa fic. Eu amo tudo nela, principalmente os capitulos romanticos, mas eu acho que isso você já sabe de tanto eu dizer haha.
    Concordo em número, genero e grau com tudo que a Sammy falou no comentario aí em cima. É impossivel nos não ficarmos dependentes de cada autualização, porque a fic nos prende de uma maneira inexplicavel. Somos sua fãs :D
    Caso você não poste antes do Natal, já desejo a você um ótimo Natal, pra você e pra toda sua familia e amigos. Aproveite a ceia sem culpa hahaha E que Deus te abençoe e te dê paz e hamornia, porque merce isso e muito mais.
    Ah e queria dizer que meu aniversário tá chegando e eu quero presente kkkkkk.
    Te amo demais Brubs. Mil beijos ;**
    Posta logoooo!!!
    ps: to louca pra ler a mii-fic *-*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Biaaaaaaaaaaaaaaaa <3 E eu me apaixono a cada dia por esses comentários! <3333 Ownt obrigada, sua linda, vocês são incríveis, de verdade! Tenho muita sorte de ter fãs como vocês! hahahaha Obrigada, meu amor, mesmo! <3 Te amoooo e eu não posso me esquecer do seu aniversário! :O Vou escrever em algum lugar haha mas é meio impossível esquecer... primeiro dia do ano *o* Mil beijos e espero que esteja gostando da mini-fic! Por mais que a senhorita esteja com preguiça de ler hahaha <3

      Excluir
  5. ta lindo !!! posta logo !

    ResponderExcluir
  6. ta muiiiito fofo !!!!!!!!
    POSTA LOGO !!!

    ResponderExcluir
  7. _Perfeito
    Desculpa não comentar sempre que na maioria das vezes eu leio pelo Iphone e eu não dou conta de comentar .... sou lerda (vc sabe?)
    kkk eu amo a sua historia...
    posta logo
    por favor...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Awn obrigada!! Hahahahaha todo mundo tem um pouco de lerdeza dentro de si, ainda mais quando se é fã da Dems hahahahaha Agradeço muito, de coração! <3 Postei :P

      Excluir

Vamos comentar?!?!..... SIM! :3